Atual diretoria da Emap pode estar direcionando contratos

17/10/2014 | 2 Comentários

Marca-EMAP-JPEG

No dia 20, próxima terça, a Empresa Maranhense de Assuntos Portuários realizará a licitação para contratar a empresa de Segurança. Alguns observadores mais atentos já sabem que por aí vem bronca.

A mesma empresa é contratada há 60 meses (prorrogação além do limite legal, que é de 24 meses) pela Emap hoje mandada pelo grupo Sarney, que entre os seus possui parentes de Roseana Sarney, Lobão Filho e Gastão Vieira no comando.

O fator que gera desconfiança na tal licitação é que, para ser credenciado a participar, o empresário deve apresentar atestado de “execução de serviços de segurança e vigilância patrimonial em recinto alfandegado pela Secretaria da Receita Federal.”

Acontece que, no Maranhão, a única empresa com esse atestado é justamente a que hoje faz a segurança. Afinal, nenhuma outra teve antes a “oportunidade”.

O valor do contrato é de R$ 9 milhões e seria uma das formas do grupo continuar em setores estratégicos da empresa de maior rentabilidade para o Estado do Maranhão.

Seria uma forma de perpetuar com os antigos sobrenomes os “lucros” na tal empresa?

Abre o olho, Ted Lago…

2 Comnetários

  1. Ana Carolina Silva disse:

    Direcionamento puro. Tem q se impugnar esse edital e rápido.

  2. Aleksandro disse:

    Sem contar a Empresa MAXTEC, que deve ter seus contratos examinados.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Tv WhatsApp - Todos os direitos reservado i9bem©